A Grécia do seu jeito

Dicas de Zakynthos: a ilha que tem ficado na moda por causa da famosa praia de Navagio

Zakynthos, a terceira maior das ilhas Jônicas, tem um cenário natural tão exuberante, que transforma a ilha com aproximadamente 40 mil habitantes em um dos alvoroços nos canais midiáticos por conta da icônica Navagio beach, considerada uma das praias mais lindas do mundo.

Com falésias calcárias e de cumes verdejantes, penísulas, mar cintilante e praias com água de tonalidades azul turquesa e esmeralda, estradas estreitas e com curvas sinuosas, vilarejos tradicionais cercados por plantações de oliveiras e videiras e aos sopés das montanhas, possui todos os atrativos para quem gosta de turismo ecológico e de aventura.

Desses cenários que passam a sensação de estarmos longe de tudo

Desses cenários que passam a sensação de estarmos longe de tudo

Assim como várias regiões da Grécia, esteve cerca de 300 anos sob o domínio veneziano. Dentre as heranças daquela época, ficou a denominação de Zante, a descrição de “A Flor do Oriente” e a influência no estilo arquitetônico, sem aquelas casinhas brancas que costumamos associar às ilhas gregas e sim, vários casarões neoclássicos. Por falar em arquitetura, a maioria das construções que vemos, são de a partir de 1953, após um abalo sísmico que destruiu praticamente tudo.

Sempre bem quista e listada, principalmente pelos gregos e italianos como destino para as férias, tornou-se moda para os turistas americanos somente nos últimos anos. Esse “boom” turístico tem alterado o cotidiano dos moradores, que ainda estão se adaptando e acelerando o investimento em infraestrutura para comportar e atender aos milhares de visitantes que chegam, principalmente entre maio e setembro na cidade de Zakynthos (a capital da ilha possui a mesma designação), com voos diretos a partir do aeroporto de Atenas e embarcações do porto de Kyllini, no Peloponeso, além de outros aeroportos e portos.

A ilha é relativamente grande e mesmo tendo transporte público e frota de táxi, a melhor forma de percorrê-la é alugando um carro com GPS. Ah, manter um mapa à disposição também pode auxiliar na hora de experimentar essa ousadia. Além de dirigir devagar e ficar atento, pois parte das estradas não possuem acostamento, há inúmeras curvas, poucas placas de sinalização e paisagens incrivelmente perfeitas que vão instigar o seu olhar.

Sobre as regiões com maior destaque:

  • A capital, que durante o dia permanece pacata, ganha vivacidade ao anoitecer, quando muitos voltam dos passeios ao redor da ilha. Fica uma atmosfera super agradável com bares e restaurantes lotados.
No porto, com vista para a Catedral de Agios Dionysios, na capital da ilha

No porto, com vista para a Catedral de Agios Dionysios, na capital da ilha

  • Tsivili, a cerca de 5km da cidade, tem uma variedade de lojinhas de produtos turísticos, minimercados, bares e restaurantes. A praia de lá é extensa, organizada e disponibiliza de esportes aquáticos.
  • Laganas, no sul, além de ser conhecida pelo Parque Nacional Marítimo de Zakynthos – com área de desova das tartarugas Caretta-Caretta (espécie em extinção), promove a vida noturna mais agitada da ilha, com festas que duram até o dia amanhecer.
  • Agios Nikolaos, no norte, um pequeno vilarejo cujo o porto tem localização estratégica. É de lá que saem as embarcações para a ilha de Kefaloniá, além dos passeios para Cavernas Azuis e Navagio.
  • Navagio beach, com todo aquele azul que nos deixa extasiados e pensando se tudo é natural ou tem retoques de photoshop, destacou-se no gosto popular e rapidamente tornou-se um dos cartões-postais mais famosos da Grécia e motivo para centenas de barcos e lanchas movimentarem as águas do mar Jônico, como jamais foi visto. Acessível somente pelo mar, há saídas diárias de vários portos da ilha, durante a temporada turística. As embarcações vão desde modelos simples até iates mega luxuosos. O passeio demora aproximadamente 3 horas e custa a partir de 20 Euros por pessoa. Durante o percurso, o impacto fica por conta das Cavernas Azuis e das praias praticamente escondidas entre os paredões rochosos.
Cavernas azuis

Blue Caves

Chegando em Navágio, o tempo disponível é de cerca de 30 minutos. Contudo, a experiência é tão única e marcada por belezas deslumbrantes que causa vontade de repetir tudo.

Navagio beach

Navagio no auge do verão

Depois de provar a sensação de mergulhar naquelas águas azuis profundas e ficar pertinho do navio (Panagiotis) que naufragou e tornou-se motivo para a praia receber essa renomeação (Navagio), chega a hora voltar para a estrada e ter a imagem que provavelmente seduziu você desde o primeiro instante, obtida no mirante. Como se trata de um penhasco dramático e super íngreme, por precaução não recomendamos que ultrapasse a plataforma. De lá, também conseguirá registros perfeitos, tipo esse:

O azul que tem conquistado admiradores em todo o mundo

Shipwreck Beach (Navagio Beach) com o azul que tem conquistado admiradores em todo o mundo

Então, ficou imaginando a aventura de percorrer Zante e navegar pelo mar Jônico para ficar  na praia de Navagio? Reserve no mínimo dois dias, pois a ilha é grande, há muito o que fazer e conhecer em Zakynthos. Esse foi apenas um esboço para lhe animar.

Planeje a sua viagem conosco e conheça a Grécia conforme o seu estilo. Veja mais sobre os nossos passeios, excursões e pacotes turísticos aqui.

Texto e Fotos: A Grécia do seu jeito 

Translate »