A Grécia do seu jeito

Santorini

Santorini cujo o nome é Santa Irene, no sul da Grécia, é a mais sul das ilhas Cíclades, grupo de 200 ilhas situadas no sul do Mar Egeu. Conforme estudos arqueológicos, era habitada pela Civilização Cicládica e tinha um formato circular, antes de ser destruída por uma das maiores erupções vulcânicas da história da humanidade, há aproximadamente 3.500 anos, a qual originou a forma atual e a separou das ilhas Thirassia, Palea Kameni e Nea Kameni. Mesma erupção que provocou o maremoto que devastou a cidade antiga de Knossos, pertencente a Civilização Minoica de Creta.

Consagrado como um dos destinos mais desejados para férias e lua de mel, Santorini, começou a ser explorado de forma turística, há mais de cinco décadas, juntamente com outra ilha famosa: Corfu. Essas foram duas das primeiras ilhas gregas que mais atraíram turistas.

Como chegar

Se o acesso ocorrer através de navios de cruzeiro, o desembarque será no porto velho, abaixo de Fira ou se viajar em Highspeed (embarcações rápidas), no Porto Athinios. O Aeroporto Internacional de Santorini, localizado próximo ao vilarejo de Kamari, é bem estruturado e realiza muitos voos, principalmente durante a alta estação.

Como se locomover

Ao desembarcar, indicamos que alugue um automóvel. Essa é a melhor forma de se deslocar na ilha, que por ser pequena, possibilitará que conheça os principais pontos turísticos de forma prática e econômica.

Hospedagem

Com opções para todos os bolsos, as acomodações com vista para a caldeira, situadas em Fira, Oía, Firostefani e Akrotíri, são as mais desejadas e também as mais caras, por propiciarem um cenário super romântico e relaxante, principalmente na hora do pôr do sol.

Caso esteja procurando um bom lugar para ficar e queira algo mais econômico, existem duas alternativas: hospedar-se em quartos sem ter a vista para a caldeira, nos quais poderá economizar até 75% do valor de uma hospedagem com vista privilegiada ou escolher outras regiões. Uma boa sugestão é a região de Kamari, distante a cerca de 15km de Fira, capital da ilha.

O que visitar 

Fira: poderá ser o seu primeiro destino, se estiver viajando em navio de cruzeiro. Pois desembarcará no porto velho e subirá a pé pela escadaria, amontado em burros ou através do teférico, com vista incrível para o vilarejo mais populoso.

P1030120a

Ouvindo os mais diversos idiomas, encontrando pessoas de vários lugares do mundo, você provavelmente não cansará de explorar cada detalhe dos becos estreitos, enquanto aprecia os restaurantes, bares e cafés sofisticados, além das inúmeras lojas de artesanatos, joalherias e produtos de marcas famosas. Esperar o pôr do sol também será uma programação incrível, se surpreenderá com a quantidade de expectadores superlotando as varandas.

Firostefani: saindo de Fira, em um passeio de alguns minutos a pé, enquanto observa a caldeira, o mar Egeu, os hotéis luxuosos, cafés e restaurantes com vista privilegiada, chegará na pacata Firostefani. Com visibilidade para o vulcão, ilha Thirassia e Skaros, um conjunto harmonioso de belezas naturais.

P1020784aa

Imerovigli: com uma paisagem espetacular, dessas que nos faz pensarmos o quanto a natureza é grandioza, você ficará dividido entre manter o seu olhar para a famosa rocha de Skaros e as magníficas acomodações que esbajam estilo, bom gosto e sofisticação.

Finikia: lugarejo pitoresco fica ao lado de Oia, com hotéis luxuosos e vistas panorâmicas para o Mar Egeu. Também é ideal para presenciar o pôr do sol sem uma multidão, algo bem tranquilo e muito lindo.

Oía: o vilarejo mais fotografado da Grécia é realmente algo fascinante, parece uma pintura! A emoção de percorrer os becos movimentados ou até os mais desertos, encontrando as casas cavadas na rocha, igrejas com cúpulas azuis (cenário típico da ilha), hotéis e restaurantes com panoramas incríveis, desperta a nossa vontade de não querer perder nenhum detalhe.

P1030796 - Αντίγραφοaa

O espetáculo mais esperado e aplaudido é o pôr do sol, famoso mundialmente. Se você quer presenciar, chegue com no mínimo 1 hora de antecedência para garantir um bom lugar no Castelo ou entre as vielas, pois há uma enorme aglomeração de expectadores. A sensação é de que “tudo” na ilha pára, na espera por esse momento mágico, que no verão acontece por volta das 19 horas.

Se preferir algo mais tranquilo, sugerimos um jantar romântico, em algum dos restaurantes com vista, inclusive em Fira.

Amoudi: para acrescentar mais beleza exótica na sua listinha de Santorini, conheça Amoudi, o porto de Oia, que será perfeito para relaxar em um restaurante, enquanto degusta peixes e mariscos, sentindo a leve brisa do mar, observando o fluxo de turistas e as várias embarcações sofisticadas que realizam os tours privados. Você poderá chegar em Amoudi através da extensa escadaria de Oia, descendo a pé ou no lombo de burros. Ou utilizando veículo, percurso aproximado de 5 minutos.

Kamari, Perissa e Perivolos: aldeias com as praias mais populares, concentrando ampla variedade de bares, restaurantes e hotéis. Ideais se você quiser badalação.

Akrotíri: conhecido por causa do sítio arqueológico, da Praia Vermelhan e da Praia Branca, se quiser esperar o dia terminar em lugar sem multidão e com vista indescritível, não perca o pôr do sol no Farol, um dos cartões postais da ilha.

P1020990 - Αντίγραφοa

Pyrgos: fazendo igual aos milhares de visitantes e até noivos que escolhem esse lugarejo para ensaio fotográfico, você provavelmente não passará sem registar uma foto das igrejas com cúpulas azuis, cercada por casas com arquitetura típica das Cíclades. Você terá uma vista privilegiada, pois é um dos lugares mais altos da ilha.

Vinícolas: se aprecia vinhos, não tenha dúvidas de que estará no lugar certo para fazer degustações mais do que especiais. A produção de Santorini, se destaca por conter uvas cultivadas no solo vulcânico, o que deixa um sabor incomparável. Durante o percurso pela ilha, encontrará além de videiras, muitas vinícolas que podem ser visitadas e até o Museu do Vinho.

Passeio de barco: estando por mais um dia em Santorini, indicamos o passeio de barco pela cratera do vulcão, uma ótima oportunidade de ver Santorini do alto das rochas vulcânicas. Reserve o quanto antes o seu ingresso. Chegando a hora do passeio, existem duas alternativas para se deslocar até o porto antigo: usando o teleférico ou descendo montado em burros, forma tradicional de transporte para descer os mais de 500 degraus (indico que utilize o teleférico, que é mais prático, ainda com vista panorâmica e evitará passar lado a lado desses animais que ficam na escadaria).

A primeira parada que o barco faz, é na ilha de Palea Kameni, com águas mornas, propícias para um banho relaxante, é aconselhável apenas para as pessoas que sabem nadar com eficiência, devido à profundidade.

Depois, as embarcações seguem para a ilha de Nea Kameni, na qual é possível sentir o cheiro de enxofre, contido nas rochas vulcânicas. Com alguns minutos de subida a pé, conseguirá uma das mais lindas paisagens do passeio: todo o penhasco, as casinhas brancas no topo e alguns navios de cruzeiros, para completar o cenário. No verão, é indicado o uso de chapéu ou boné, para proteger-se do sol. A temperatura é bastante elevada.

Dependendo da excursão escolhida, existem algumas que fazem o percurso até a ilha de Thirassia, incluindo uma parada para o almoço. Outras retornam para Santorini e existem as que permanecem no mar, até o pôr do sol, voltando apenas no final do dia.

E então, ficou imaginando qual é a sensação de vivenciar todas essas experiências de pertinho? Posso lhe garantir que é extraordinária e inesquecível. Quer fazer esse roteiro com nossas dicas e serviços? Nos envie uma mensagem, será maravilhoso lhe auxiliarmos.

Fotos e texto: A Grécia do seu jeito