A Grécia do seu jeito

Férias nas ilhas gregas

A Grécia é um destino clássico para férias ou lua de mel. Para você, que está se deparando com a empolgação de viajar ao país pela primeira vez e deseja visitar as emblemáticas ilhas gregas, porém não tem certeza sobre o melhor período e nem quais delas priorizar, compartilhamos algumas dicas que poderão lhe auxiliar:

De novembro até março, ocorre a baixa temporada, há redução na quantidade de transporte entre as ilhas e as menores ficam praticamente desertas, apenas com os moradores. Realmente é o período para priorizar os passeios no continente e na ilha de Creta, que é atemporal.

Em abril, na primavera, os estabelecimentos turísticos reabrem (pois a maioria encerra as atividades na baixa temporada) e aos poucos os visitantes começam a chegar. Um processo crescente durante os próximos meses, até que, em agosto, o fluxo turístico atinge o ápice. Auge do verão, com temperaturas elevadas, tudo super lotado(período de férias dos europeus), os preços das passagens aéreas nacionais e das hospedagens nas ilhas, disparam.

Depois da badalação de agosto, setembro vem com relativa calmaria, é início do ano letivo na Europa, propício para viagens românticas, as temperaturas ainda estão agradáveis, é possível aproveitar as praias e a boa notícia é que na segunda quinzena, os preços “suavizam” e até o começo de outubro(quando surgem os primeiros sinais do outono) fica favorável para os passeios nas ilhas.

Mátala é uma das praias mais populares de Creta

Mátala é uma das praias mais populares de Creta

As ilhas gregas mais clássicas e com relevante infraestrutura turística são: Santorini com o célebre pôr do sol e o vilarejo mais fotografado da Grécia: Oia. Mykonos o destino de férias dos famosos e baladeiros. Creta a maior e mais diversificada, com praias e desfiladeiros de destaque a nível europeu. Rhodos cuja a cidade medieval de Rhodos é tida como Patrimônio Mundial. E Corfu com grande influência italiana na arquitetura, também conhecida pelos costumes do Domingo de Páscoa.

Oia, Santorini

Oia, Santorini

Se a sua opção for além das tradicionais, por praticidade na hora de se deslocar, escolha por arquipélagos. Nas Cíclades, depois de Santorini e Mykonos, pode incluir Milos, a preferida dos casais aventureiros, Paros ou Naxos, com praias de areias douradas, ideais para famílias com crianças. Querendo aproveitar a tranquilidade e vida simples das ilhas menos conhecidas, Ios, Folegandros, Amorgos e Sifnos, estão entre as várias opções.

No Dodecaneso além de Rhodos, a turística Cós, foi a origem de Hipócrates de Cós, o “pai da Medicina”. Kasos e Karpathos, se destacam pela tonalidade das águas azuis-turquesa. Symi com casas coloridas que parecem uma pintura e Patmos, com o mosteiro em que o apóstolo João escreveu o livro bíblico Apocalipse. Uma verdadeira mescla de informações.

Nas Jônicas todas são simplesmente perfeitas. Além de Corfu (Kerkyra) e Zakynthos, que está cada vez mais na moda por conta de Navagio Beach, há Paxos, Lefkada, Ítaca, Kefalônia e Kythira (Kythera), ambas com belezas únicas.

Então, mesmo sabendo que não é fácil escolher para qual viajar, não tenha dúvidas de que por menor que seja a ilha, sempre existirão particularidades que deixarão as suas férias inesquecíveis!

O charme e a simplicidade das ilhas, nos mínimos detalhes

O charme e a simplicidade das ilhas, nos mínimos detalhes

Quer visitar a Grécia através da nossa assessoria? Nos envie um email, será maravilhoso auxiliarmos na sua estada!

Fotos e texto: A Grécia do seu jeito