A Grécia do seu jeito

Dicas importantes para a sua primeira viagem à Grécia

Você está planejando viajar para a Grécia pela primeira vez e já pensa na emoção de navegar pelas ilhas gregas, explorar a emblemática Acrópole de Atenas e conhecer Olímpia: a origem dos Jogos Olímpicos da Antiguidade? Imagina que ouvirá muitas pessoas falando grego e até sonha com o sabor das receitas e vinhos tradicionais?! Idealiza que precisará programar mais retornos de tão especial que é esse destino?! Asseguro a você que este é apenas o início do fascínio que esse país nos causa.

Os atrativos são tantos que para aproveitar melhor é preciso identificar o estilo de sua viagem e quanto tempo você terá. Assim, saberá o que priorizar.

Atrações turísticas de destaque

Além da milenar, moderna e imprescindível cidade de Atenas, a outra grande preferência dos turistas é pelas ilhas, que por serem inúmeras e cada qual com belezas particulares, a melhor forma de conhecê-las é separando-as por arquipélagos. Dentre as mais clássicas e com ampla infraestrutura turística, se destacam: Santorini, Mykonos, Creta, Rhodos e Corfu. 

Templo de Hefesto, em Atenas, com colunas ainda intactas, é considerado o templo grego antigo mais bem preservado

Templo de Hefesto, em Atenas, com colunas ainda intactas, é considerado o templo grego antigo mais bem preservado

Cidade antiga de Chania

O charme da cidade antiga de Chania

Se a pretensão de suas férias for no âmbito cultural, tendo Atenas como base de partida, há uma série de “joias escondidas” na região do Peloponeso: Micenas, Epidavros, Nafplion, Olímpia e Monemvasia.

Em um cruzeiro pelas ilhas do Argosarónico, você visitará: Egina, Poros, Spetses e Hydra.

Querendo complementar sua estada com uma excursão de meio dia, inclua um passeio ao Cabo Sounio e aprecie as ruínas do templo de Poseidon. Visitando a histórica cidade de Marathona, ficará onde gregos venceram os persas na batalha de Marathona 490 a.C. Fidípides correu para Atenas, para falar a vitória e após anunciá-la, caiu morto. Dando origem à corrida de Marathon.

Delphi (Delfos) e Meteora são Patrimônio Mundial da UNESCO. O sítio arqueológico de Delfos é um dos mais famosos da Grécia. E em Meteora, você se surpreenderá com os seis incríveis mosteiros construídos no topo das rochas, que possuem entre 305 e 549 metros de altura.

Quando ir

Com estações do ano bem definidas, os meses mais turísticos na Grécia vão de maio até outubro. O inverno acontece de dezembro a março, período da baixa estação em que algumas ilhas ficam praticamente desertas, retomando o fluxo no final de março, início da primavera, que vai até junho. O verão é o período mais esperado do ano, com duração até setembro. Agosto é o ápice da alta temporada, com preços altíssimos e super lotação. Já no outono, de setembro a dezembro, há a retomada da baixa temporada.

Varandas e restaurantes em Firá em Santorini, com a multidão de turistas esperando o pôr do sol

Varandas e restaurantes em Firá em Santorini, com a multidão de turistas esperando o pôr do sol

Como chegar

Não existem voos diretos do Brasil para a Grécia. Haverá conexão em alguma cidade da Europa.

Documentação necessária

Turistas brasileiros não precisam de visto para entrar na Grécia em viagens de até 90 dias. Porém, a validade do passaporte deve ser superior a 6 meses. Por precaução, consulte o Consulado para maiores informações e eventuais atualizações.  

Como se deslocar

Em Atenas, utilizar o metrô para percorrer longas distâncias, poderá ser uma boa alternativa, pois a qualidade do transporte é excelente, além do baixo custo. A cidade também é bem servida de ônibus e frotas de táxi.

Para transitar entre as ilhas há Highspeed (embarcações rápidas) e ferry boats (barcas). As mais turísticas possuem aeroporto com voos diários durante a alta estação.

Higspeed em Santorini

Higspeed em Santorini

Moeda

Euro

Idioma

Grego. Devido ao fato de ser um destino bastante turístico, muitas pessoas também falam inglês, principalmente os mais jovens.

Fuso horário

A diferença é de +4 a +6 horas em relação ao horário de Brasília.

Horário comercial

Inicia às 8:30 e vai até às 20h ou 21h. Algumas empresas, no entanto, fecham no intervalo das 14h às 17h. Isso ocorre de segunda à sexta. Sábado das 8:30 às 15h. 

Nas ruas centrais das cidades, as lojas de artesanatos, itens turísticos, restaurantes e cafeterias abrem de domingo a domingo.

Costumes

Os gregos são prestativos, caso precise de informações, não tenha receio em perguntar. Eles gostam quando os turistas tentam falar algumas palavras em grego, mostrando respeito pela cultura local. Alguns termos básicos:

  • Bom dia: Kaliméra – Boa tarde: Kalispéra – Boa noite: Kalinirta
  • Obrigada: Efharistô  – Por favor: Parakalô
  • Sim: Né – Não: Ohxi
  • Esquerda: Aristerá  – Direita: Deksiá
  • Longe: Makriá – Perto: Kodá
  • Sou brasileira: Ime vraziliana

Cuidado! Quando atravessar as ruas tenha atenção, pois eles dirigem muito rápido.

Culinária

Cada região possui os seus pratos típicos. No geral, a gastronomia grega é baseada principalmente em receitas feitas com carne, vegetais, peixes e frutos do mar, regados à muito azeite e temperos com ervas. Há um rico consumo de saladas, queijo, iogurte, frutas e pães. A carne de carneiro é uma das mais apreciadas. Os vinhos locais são de excelente qualidade.

Segurança

A pesar da crise econômica e de algumas manifestações que já ocorreram, a Grécia continua sendo um país seguro. Mas nas grandes cidades, aconselho que evitem andar sozinhos durante a noite por ruas não movimentadas.

Telefones úteis

Quer visitar a Grécia com a nossa assessoria? Nos envie um email, será maravilhoso auxiliarmos na sua estada!

Fotos e texto: A Grécia do seu jeito

Texto original publicado no blog Brasileiras Pelo Mundo

Translate »