A Grécia do seu jeito

Creta

Se optar por conhecer a ilha de Creta (Kríti), você irá para a maior das ilhas gregas, em área e população, com aproximadamente 623 mil habitantes. Além de encontrar ampla variedade de praias, museus, muitas igrejas e mosteiros seculares, conhecerá Knossos, o maior sítio arqueológico da Idade do Bronze de Creta e as ruínas de Phaistos, uma cidade antiga que foi habitada desde cerca de 7.000 a.C. cujo objeto mais famoso é o Disco de Phaistos, um mistério para a Arqueológia.

O sítio arqueológico de Knossos

Ao percorrer o sítio arqueológico de Knossos, facilmente imaginamos a evolução da civilização minoica

História Arqueológica e Mitologia

Foi em Creta que habitou a primeira civilização da Europa, a Civilização Minoica, com registros em 2.700 a.C. Achados dessa civilização podem ser encontrados no acervo do Museu Arqueológico de Heraklion, um dos mais importantes do mundo. Partindo para o âmbito da mitologia grega, Zeus ( o deus dos deuses) e o Minotauro (imaginado com a cabeça de um touro sobre  o corpo de um homem e que vivia no labirinto em Knossos), são tidos como originários da ilha.

História Moderna

Creta sempre teve participação na História da Grécia. Sendo influênciada pelo Império Bizantino e por venezianos, que deixaram registros visíveis na arquitetura atual. Ocupada por Otomanos durante mais de 200 anos, teve sua independência no final do século XIX e oficialmente pertenceu a Grécia em 1913. Com grande importância durante a Segunda Guerra Mundial e a Batalha de Creta, conhecida mundialmente. Os históricos e objetos desses períodos podem ser encontrados no Museu Histórico de Creta, em Heraklion.

Cultura

Creta foi o local de nascimento de políticos de grande influência, muitos atores, músicos, compositores, escritores e poetas. Algumas das personalidades mais importantes:

  1. Domênikos Theotokópoulos (El Greco – 1541/1614), pintor, escultor e arquiteto; Durante todo o ano, há exposições com as obras dele, em toda a Creta.
  2. Elefthérios Venizélos (1864/1936), o político mais importante da Grécia moderna e o Aeroporto Internacional de Atenas foi nomeado em sua homenagem. O túmulo dele é em Akrotíri, Chania.
  3. Níkos Kazantzákis (1883/1957), filósofo e escritor reconhecido mundialmente, principalmente pelo romance Zorba o Grego e a Última Tentação de Cristo. Ο Museu N.  Kazantzákis é situado no vilarejo Mirtia, próximo a Heraklion e o túmulo dele fica no Colina Martinengo, Heraklion.
  4. Odysséas Elýtis (1911/1996), um poeta famoso que ganhou prêmio Nobel de Literatura, em 1979.

 

Se você visitar Creta, aproveite para incluir algum pequeno vilarejo no seu roteiro. Assim, conhecerá mais o estilo de vida dos cretenses e o quanto são pessoas simples, calorosas e acolhedoras. Com um sorriso estampado no rosto, priorizam bastante o bem-estar dos visitantes. Ah, encontre também uma apresentação de danças típicas, o que vai lhe render muita animação e vontade de dançar, com o estilo tradicional das danças cretenses.

Diversidade de paisagens

Creta dispõe de características de uma região independente, seja na infraestrutura com sua ampla rede hoteleira, muitos portos e aeroportos (dois deles internacionais), recebendo milhões de turistas por ano. Ou pelos cenários naturais, que incluem estradas com montanhas, mar, flores, vinhedos e oliveiras pois, é uma das maiores produtoras de vinho e azeite da Grécia.

Dividida entre Norte e Sul, Leste e Oeste, ambos com estilos diferenciados, é no Norte que se concentra a maioria dos habitantes da ilha, cerca de 90%, reunindo as maiores e mais modernas cidades. Enquanto o Sul, é bastante secular, dividido em pequenos vilarejos, paisagens mais raras, com praias maravilhosas e bem preservadas. O Oeste é super turístico e o Leste apesar de turístico, tem a economia baseada principalmente na agricultura.

Creta possui alguns desfiladeiros e destacamos a Garganta de Samariá, no Parque Nacional de Samariá, o maior parque nacional da Grécia. Famoso pela forma de explorá-lo, descendo chegará na  pitoresca praia de Agia Ruméli.

Praia de Elafonisi Creta

Praia de Elafonisi é um dos ícones de Creta

Em Creta você encontrará de tudo um pouco, devido a extensão da ilha. O antigo e o moderno ficam lado a lado ou apenas separados por algumas ruas, no caso de cidades que se desenvolveram, mas que ainda preservam casarões e monumentos seculares, muitos dos quais são da época em que foi colônia da República de Veneza. Praias e montanhas se unem e formam paisagens raras e espetaculares.

As maiores cidades da ilha são: Heraklion, Chania, Rethymno, Ágios Nikólaos, Ierapetra e Sitía.

Chania

Chania é considerada uma das cidades mais româticas da Grécia

Praias

Não dá para pensar na maior ilha grega, sem imaginar a quantidade de praias que deve ter,não é?! Pois bem, tem para todos os estilos. Desde as mais movimentadas até as mais isoladas e com cenários paradisíacos. As que se localizam no norte da ilha são bastante turísticas e em algumas acontecem festas durante as 24 horas do dia. Se a opção for uma praia tranquila, o ideal é escolher a região sul. Para isso, é uma excelente alternativa alugar um veículo com GPS, para auxiliar no percurso. As praias mais famosas são:

  1. Vai, no leste de Creta, é conhecida por ter a maior floresta natural de palmeiras da Europa. Cenário para filmes, novelas e comerciais;
  2. Mátala, ao sul de Heraklion, já teve suas cavernas naturais habitadas por hippies, nas décadas de 60 e 70, o que a deixou famosa mundialmente. E também é um atrativo por ficar situada próximo ao Sítio Arqueológico de Phaistos.
  3. Praia de Moni Preveli, ao sul do Rethymno, também possui palmeiras e um rio que deságua no mar.
  4. Balos, uma das praias mais famosas da Grécia, surpreende com suas águas azuis e turquesa, se destacando com o contraste da areia branca. Esse destino fica no cabo Gramvousa no ponto mais noroeste da Creta.
  5. Falassarna, um dos destinos mais turísticos de Creta, 60 km oeste de Chania. Eleita entre as 10 praias mais bonitas da Europa. Também atraente para quem pratica windsurf, devido aos intensos ventos. É nessa famosa praia que acontece o pôr do sol considerado um dos mais lindos de Creta.
  6. Elafonisi, situada a aproximadamente 76 km sudoeste de Chania, ela surpreende pela paisagem da água cristalina e areia branca, podendo em alguns trechos ter coloração rosada, devido a quantidade de corais.

 

Como chegar

O Aeroporto Internacional Nikos Kazantzakis, de Heraklion e o Aeroporto Internacional Ioannis Daskalogiannis, de Chania, realizam voos durante todo o ano, com destaque nos meses do verão, de Junho até Setembro.

O aeroporto de Heraklion, é o segundo maior da Grécia e recebe milhões de passageiros por ano. Já em Sitía, o aeroporto realiza apenas voos domésticos.

Os maiores portos estão em Heraklion (um dos mais importantes no mediterrâneo) e Souda (próximo a Chania). Ambos interligam Creta ao Pireus e com a maioria das ilhas, recebendo muitos navios de cruzeiros. Além dos portos citados, existem outros no Rethymno, Ágios Nikólaos, Sitía e alguns menores no Sul de Creta.

Hospedagem

Com ampla rede hoteleira, a diversidade vai desde os hotéis luxuosos com vista para o mar e quartos com piscinas exclusivas, casas de villa situadas nas montanhas ou próximas aos centros urbanos e simples acomodações que podem ser pequenos hotéis e pousadas, no litoral ou centros urbanos.

Fotos e Texto: A Grécia do seu jeito