31 de outubro de 2020

O governo da Grécia está tratando a situação da disseminação do coronavírus(Covid-19) como muito séria desde o início. Reagiu rapidamente e limitou o impacto no nível mínimo possível(39251 casos confirmados e 626 vítimas fatais).

Ressaltamos que a partir de agosto, devido a abertura das fronteiras para o turismo, os casos confirmados estão aumentando. Existe um endurecimento das medidas para evitar um possível lockdown.

Restrições aplicadas:

– os hotéis estão reabrindo desde 01/06;

– lojas, restaurantes e bares estão funcionando sujeitos à obediência aos termos e precauções aplicadas para limitar a propagação do coronavírus(Covid-19);

– a maioria dos cruzeiros foram cancelados para a temporada de 2020;

– até 70% dos voos internacionais estão funcionando normalmente;

– voos e embarcações domésticas estão retornando, gradualmente, à normalidade.

Resumo:

A Grécia está aberta para o turismo, principalmente da Europa. Porém, há restrições quanto a origem dos voos e precisam observar os anúncios feitos(pela Grécia e União Europeia) sobre as mudanças na lista de quais países as pessoas podem entrar!

Política referente aos nossos pacotes e serviços:

Como empresa, decidimos assumir a responsabilidade para remarcar todos os pacotes fechados até agora, sem cobranças, para qualquer data até o final da temporada de 2021(outubro de 2021). Ressaltamos que se os pacotes incluírem voos domésticos, podemos reprogramar para até 1 ano depois as datas originais. Obs: Se as novas datas forem para outro período da temporada, a diferença no valor será aplicada conforme as tabelas de 2020.

Recomendações gerais para os viajantes:

A partir do dia 01/07, a Grécia receberá turistas de todos os aeroportos da União Europeia. Porém, para turistas dos países das Américas, apenas voos do Canadá e Uruguai serão permitidos. A lista será revisada a cada 15 dias.

Para brasileiros, recomendamos que considerem planejar uma viagem para a Grécia, somente quando soubermos melhor sobre a previsão de entrada nos países da União Europeia. Obs: Não há voos diretos do Brasil para a Grécia, então precisam ver as restrições referentes aos aeroportos das escalas.

É importante que vocês venham preparados, pois durante a chegada na Europa precisam comprovar o motivo da viagem(no caso de viagem turística, o contrato com uma agência legalizada, do Brasil ou da Europa) e os vouchers das reservas hoteleiras(para as autoridades poderem rastrear vocês). Ressaltamos que a nossa agência trabalha de acordo com as normas internacionais, oferecendo a segurança que cada visitante precisa, especialmente na situação que todos vivenciamos agora!

Observação importante: Se precisarem cancelar viagens marcadas antes da pandemia, cias/hotéis e o restante dos fornecedores terão obrigação de fornecer um voucher de crédito com validade de 12 até 18 meses(dependendo do fornecedor), igual qualquer pagamento efetuado. Se você não utilizar esses vouchers, devem lhe reembolsar o valor pago na data da expiração dos vouchers.

Translate »